Como Viajar com Drone no Avião

banner avião artigo

Se você está planejando a sua viagem e gostaria de levar o seu drone, mas não conhece as regras de transporte.

Fizemos esse artigo, pois as regras de transporte de drone variam bastante entre as companhias aéreas, principalmente se você vai fazer uma viagem internacional.

Sendo assim, vamos ensinar para você algumas dicas que vão te ajudar a não passar nenhum perrengue durante o check-in ou embarque.

Neste artigo, vamos falar sobre tudo o que você precisa saber sobre como viajar com seu drone no avião.

Índice

Como calcular os Wh da bateria do meu drone?

Primeiramente, uma informação muito importante para você que deseja viajar com drone é a seguinte: Quantas baterias eu posso levar no avião?

  • Baterias com MENOS de 100Wh (Você pode levar quantas você quiser) 
  • Baterias com ENTRE 100-160Wh (Você pode levar apenas 2) 
  • Baterias com MAIS de 160Wh (Somente com autorização especial) 

 

Agora que você já sabe quantas baterias você pode levar e qual o limite de Wh permitido pelas companhias, você precisa descobrir quantos Wh tem a bateria do seu drone.

Geralmente, essa informação vem escrita na própria bateria, mas pode acontecer que no seu caso essa informação esteja apagada ou não conste na bateria.

Por isso, existe um cálculo que você pode fazer para descobrir essa informação. Por exemplo:

          Ex: DJI Mini 2

          (Bateria: 5200mAh)*(Volts: 3.6) = 18.720/1000 = 18,72Wh

Então, esse é o cálculo que você precisa fazer para descobrir quantos Wh a bateria do seu drone possui, caso já não esteja escrito na bateria.

Lembrando também que, a bateria do seu drone obrigatoriamente precisa estar em perfeito estado, não pode estar quebrada, estufada, amassada e nem furada.

Posso levar a bateria 100% carregada?

Infelizmente não, as companhias aéreas proíbem a entrada de baterias de drone carregadas por completo, mas permitem a entrada desde que a sua bateria esteja com um carga que corresponda a um valor entre 40 e 60% da sua capacidade total.

Preciso cobrir os contatos da bateria?

Essa prática não é imposta pelas companhias, porém é algo que você pode fazer para melhorar a proteção dos componentes da bateria e isso não vai prejudicar em nada a bateria ou o transporte.

Portanto, se você decidir cobrir os contatos da bateria, a melhor forma de fazer isso é utilizando uma fita isolante.

Mas, caso você queira realmente proteger a sua bateria de qualquer mínima chance de pegar fogo ou algo parecido, você pode colocá-la em um saco de proteção Lipo Guard.

Posso colocar a bateria na mala despachada?

Essa é uma pergunta muito frequente e a resposta é não.

Você deve carregar a bateria do seu drone na sua bagagem de mão dentro do avião com você.

Porque caso aconteça algum incidente com a sua bateria, você consegue acionar a equipe de comissários de bordo para que eles tomem os devidos cuidados para conter a situação.

Por isso, a sua bateria deve estar sempre ao seu alcance e nunca deve ser despachada com a sua bagagem.

Preciso tirar as hélices do drone?

Essa é outra pergunta que muitas pessoas buscam saber a resposta e tem uma margem para interpretação bem grande.

Porém, nós encontramos nos sites das companhias aéreas algumas instruções sobre objetos pontiagudos ou cortantes acima de 6cm de comprimento não serem permitidos.

Então, fica a critério do oficial no raio-x, considerar ou não a hélice do drone com um objeto pontiagudo ou cortante, especialmente se ela tiver mais de 6 cm.

Portanto, por via das dúvidas, remova as hélices do drone e coloque-as na bagagem despachada, porque isso vai te ajudar a evitar uma possível dor de cabeça na hora do embarque.

Quais documentos eu preciso ter para viagem nacional com drone?

Para a sua viagem de avião dentro do território brasileiro, você vai precisar dos documentos de homologação, registro na ANAC, ANATEL e no DECEA.

Mas se o seu drone for ultraleve como o ZINO Mini SE, você só vai precisar da homologação dele.

Geralmente, a nota fiscal não é solicitada para fazer o embarque com o drone, mas é sempre bom carregá-la também.

Quais documentos eu preciso ter para viagem internacional com drone?

Você pode até ter o seu drone já homologado, registrado na ANAC, ANATEL e no DECEA, mas caso não tenha a nota fiscal do drone pode dar problema.

Essa regulamentação e os impostos do drone não possuem uma relação direta, pois são dois critérios diferentes com órgãos fiscalizadores diferentes. 

Ou seja, o papel da alfândega não é fiscalizar os registros de um drone mas sim de conferir a situação fiscal do drone.

É importante falar sobre isso, porque viajar com um drone sem nota fiscal pode dar problema para você tanto na entrada quanto na saída do Brasil.

Posso voar meu drone em qualquer país fora do Brasil?

Não, você deve pesquisar bem as regras do país que você vai visitar para não correr o risco de ter o seu drone apreendido ou até mesmo você ser preso.

Sim, em alguns países você pode ser preso por voar um drone sem permissão. Por isso, pesquise bem.

Quer saber mais informações sobre viagem de avião com drone?

Então, consulte o site ou ligue na sua companhia aérea por que eles vão informar você sobre alguma possível exigência a mais que não mencionamos aqui.

logo top fly drones

O maior blog sobre drones do Brasil.

Copyright © Top Fly Drones